<$BlogRSDUrl$>

Tuesday, August 31, 2004



Eu não sou, em condições normais de temperatura e pressão, alguém de quem poderíamos dizer "ela detesta parecer ridícula" porque não me incomoda muito tropeçar, dizer um disparate, sair a correr pela rua rindo, cantar alto ou ver filmes idiotas, enfim, essas coisas que se faz (voluntariamente ou não) quando se tem no máximo 14 anos.

Então é isso, pelo menos por hoje que o lado critico, sensato, ponderado, cool, fique do lado de fora, porque hoje é o dia em que me apetece cantar e dançar e o máximo de concessão que farei a mim própria é que não vestirei o cenário habitual de um dia normal de trabalho (se bem que…)



This page is powered by Blogger. Isn't yours?