<$BlogRSDUrl$>

Wednesday, August 25, 2004



Sempre procurei mostrar-te o que sentia por ti. Saíam-me frases soltas, ainda assim não demonstravam totalmente o que sentia. Então, procurei dividir os meus desejos... dei-te o que te faltava e tu nem o que te sobrava me deste…

No amor, todas as contradições da vida se dissolvem e desaparecem. No amor existe unidade e dualidade sem conflito. De que vale o delírio dos olhos se eles se fecham quando os lábios se tocam?! Na vida há coisas simples e importantes... Simples como eu e importantes como eu imaginei que tu eras...

Quando tiveres a certeza que me perdeste, quero que olhes as estrela e nelas veja o quanto eu te amei. Sabes, ao teu lado descobri que entre o sonho e a realidade, existia um espaço chamado felicidade, e para que a minha felicidade se tornasse realidade, precisei da VERDADE, da HONESTEDADE …

Se a tua vida, dependesse do amor que senti por ti, viverias além da vida, pois amei-te além do amor.

Não quis ser na tua vida o início de um fim nem o fim de um começo, quis ser o início de um começo sem fim, que logo acabou...

Todos os sentimentos cansam e "desistem", menos o amor. Sentimento algum é tão teimoso! Até quando passa, não acaba, posto de lado, jamais se conforma.

O tempo pode apagar a lembrança de um corpo ou de um rosto, mas nunca os das pessoas que souberam fazer de um pequeno instante um grande momento, tu nem isso, por isso já quase te esqueci!
Não sou nada, não tenho nada, mas é pela simplicidade do meu nada que te ofereci tudo. Quando te beijava era um maneira cómoda e muito agradável de interromper uma conversa na qual as palavras não eram suficientes.

Ás vezes é preciso parar e olhar para longe, para podermos ver o que está perto de nós. Foi nesse instante que acabei por te ver…que triste realidade!

O meu Amor por ti nasceu com o olhar, dos olhos passou para o coração que vê muito mais, quando me dei conta, a paixão virou amor: uma confusão de sinais, impulsos e palavras. Quando duas pessoas se amam, elas não se submetem e não se dominam, apenas se completam.
Talvez tenha sido por um olhar...Talvez por um sorriso...Talvez tenha sido por aquelas Palavras ou talvez aquele instante contigo...Talvez um dia estaremos juntos e talvez tudo será esquecido...Talvez possa existir outros momentos e aí quem sabe...

Amei-te, não somente por aquilo que eu julgava que eras, mas pelo que fui quando estava contigo! Amei-te, porque puseste a mão na minha alma e passaste por debaixo de minhas fraquezas com teu falso Amor.

Tu foste minha vida, a minha alma. Quando falavas dos meus olhos ... os meus olhos perguntavam-te coisas que só o teu coração saberia responder e no entanto permaneceu calado.

Quando a tristeza vier de novo ao meu encontro, vou deixar sair dos olhos uma lágrima, da boca um sorriso e do coração uma prece, pois não são covardes os que choram por amor, mas sim aqueles que amam ou amaram com medo de chorar...
Procurei no horizonte uma forma nova de ser feliz.... Não encontrei nada!
Procurei na meia-noite uma maneira suave de sonhar... Não adormeci!
Procurei então, onde a razão não pode alcançar, fui dentro de mim, bem fundo e quase sem querer descobri-te por entre as minhas letras mágicas e risos escondidos... achei-te, falso, manipulador, canalha …

"Cuando mires las estrellas acuerdate de mí, porque en cada una de ellas hay una lágrima para tí."



This page is powered by Blogger. Isn't yours?