<$BlogRSDUrl$>

Wednesday, October 20, 2004



De repente descobri que estava plena de amor!
Fiquei em silêncio … como iria lidar com isto desta vez?!

Tinha-me deixado, sem querer, cativar …

Fiquei em silêncio de novo, às vezes sinto uma alegria enorme que não cabe no meu peito! Outras, mergulha em mim uma tristeza, melancolia, ira … assim como que uma raiva voltada para mim, por me ter envolvido outra vez desta maneira.

Pensei … imaginei uma solução, apenas quero ver a o lado da razão, então decidi abortar o que sentia, mas … o amor continuou aqui dentro, firme, forte, sufocado e contudo … a crescer, ignorando até que estava a ser o centro de uma comédia fútil, um erro, um quase pecado.

Mais uma tentativa frustrada … o amor continua em mim, mas … desestruturado, triste, fraco e eu … continuo deserta.



This page is powered by Blogger. Isn't yours?