<$BlogRSDUrl$>

Thursday, October 28, 2004



…há quem diga que «há poucos momentos na história económica mundial recente tão favoráveis como os que vivemos hoje», pois «nos Estados Unidos o ritmo é fulgurante, o Japão está em forte recuperação e a economia chinesa em forte crescimento».

«O que falta ao nosso país é confiança» dando exemplo de empresários portugueses que, depois de «limparem» os balanços das suas empresas e tornarem as suas empresas mais fortes, demonstram incapacidade para estabelecer um rumo de desenvolvimento para o futuro.

A mesma fonte considera que o milagre de crescimento não está na China, mas sim nos Estados Unidos, que criaram um novo «paradigma de crescimento», colocando por isso a questão de «como é que um pais que não poupa nada, tem um défice externo crescente e que parece cada vez mais insustentável, consegue continuar a manter um ritmo de subida do PIB de 3 a 4% de forma sustentada e sem inflação?».

Um novo paradigma económico?! conseguido à custa de um «rapidíssimo aumento da produtividade, em que há uma rápida inovação, gosto pelo risco, e elevada mobilidade do factor trabalho».

A mesma fonte destaca ainda a disponibilidade permanente dos americanos para aceitar o sucesso e o fracasso, o que «lhes confere uma capacidade para alterar rapidamente a estrutura económica através da transferência de recursos de indústria para indústria».

E Portugal o que faz? Continua a lamentar-se da conjuntura política não ser favorável, continua a clamar por mais proteccionismo, por mais Estado paternalista, no entanto … cada vez há mais dinheiro mal distribuído.



This page is powered by Blogger. Isn't yours?