<$BlogRSDUrl$>

Tuesday, June 14, 2005




Eu creio que os fins, no processo socio-político e económico mundial do presente, têm um significado negativo e polémico, enquanto forem um arsenal de justificações de elitistas "objectivos", que misturam desordenadamente mentiras, aparências, encantamentos, visões de líderes libertadores de povos e de nações, hipocrisias, ficções, paixões, sentimentalismos, tradições, snobismos, hipóteses, correcções, credulidades, contradições, quimeras e má fé.

Por isso, tais justificações lançam mão de quaisquer meios: o pensamento medíocre de alguns líderes refugia-se, desta forma, nas justificações através dos fins.

Exemplos actuais são as pretensas filosofias políticas que pretendem, mais do que legitimar um determinado regime ou uma certa forma de luta, menosprezar qualquer reflexão ou análise do fenómeno político, postulando que só elas podem estabelecer a verdade ou ultrapassar qualquer possibilidade de conflitos.

Mas, a História demonstra-nos que um povo, no meio do qual se imponha a ideia de que deve o seu bem-estar moral e material aos que o governam, não conservará tal suposta felicidade por muito tempo.

Cambada de parasitas…deixem-se de snobismos bacoco.



This page is powered by Blogger. Isn't yours?