<$BlogRSDUrl$>

Tuesday, February 07, 2006



Estendida na areia,
Só,
Confortavelmente só.
O meu corpo descontraía-se
No desejo
De se afogar na Natureza.

A meu lado direito,
O mar,
No seu torno e retorno de maré viva,
Desafiava-me com pedacinhos de mar frio.

Lá do alto,
O sol,
Miraculosamente silencioso,
Estendeu-me as suas feições de ouro quente.
Deu-me um segredo.
E eu fiquei prostrada, na areia,
Miraculosamente a sorrir...
Miraculosamente enfeitiçada!...



This page is powered by Blogger. Isn't yours?