<$BlogRSDUrl$>

Monday, July 03, 2006




Num papiro a tinta indelével

Escrevi mil palavras sem sentido,

Frases sem nexo, despidas de emoção,

Cruas, sofridas.


Descobri o vazio da minha alma,

A frustração escrita, por dizer,

O sofrimento oculto, por escrever.


Sem querer,

Encontrei no som da minha voz,

A amarga certeza de estar perdida.


Margarida Fernandes Neves



This page is powered by Blogger. Isn't yours?